Ínterim da paixão

by zlupus30

Se de um mundo não sou feito,

que sou eu neste universo?

Sou galáxias inteiras de risos,

pensamentos, sonhos e brincadeiras?

Prazeres, dores, questionamentos

e amores brigam dentro em mim.

Passeio no ínterim da paixão.

Sinto enleios, arroubos, medos.

Tremores há em meu coração.

Serei eu um poço de desgosto?

Que frustração!

Percebo: sou de carne e osso!

Advertisements